/* fix blog module heights*/

O termo Ryodoraku se refere a uma linha de conexão eletropermeável que interliga pontos eletropermeáveis e foi desenvolvido pelo Dr. Yoshio Nakatani por volta de 1950.

Ele observou que a maioria dos pontos de acupuntura tradicional possuem uma baixa resistência elétrica se comparado a outras áreas corporais que não são pontos de acupuntura e também que a condutividade elétrica na pele varia conforme a doença.

Assim, ao mensurar a corrente elétrica num determinado ponto do Ryodoraku, é possível verificar a reação de excitabilidade daquele Ryodoraku e verificando um forte desequilíbrio, significa que há uma manifestação de sintomas específicos desse Ryodoraku. Estimulando-se com acupuntura elétrica e obtem-se o equilíbrio desse Ryodoraku.

Deste modo, trata-se de um método de diagnóstico energético e terapêutico em que se mede a excitabilidade do Ryodoraku e atua na sua regulação, com a finalidade de promover a capacidade de recuperação espontânea do paciente.

Aliada a acupuntura tradicional, permite um diagnóstico energético diferenciado e um tratamento mais eficaz.

 

CLIQUE AQUI PARA ADQUIRIR

Público Alvo: Acupunturista e estudantes de Acupuntura

Histórico
Conceitos
Desenvolvimento da Técnica
Ryodoraku e o SNA
PEP(Ryodoten), PREP (Hannou Ryodoten) e PRM (Daihyo Sokuteiten)
Métodos de Medição
Vantagens do sistema de medição
Os equipamentos de medição
Elaboração e interpretação de Gráficos, ajuste estatístico
Padrões gráficos e Interpretação Geral dos desequilíbrios
Instrumentos e técnicas de manipulação
Manuseio de agulhas de regulação autonômica
Estratégia de tratamentos: seleção de pontos e tipos de estimulação para tonificação e sedação
Terapia de Pontos Reativos Eletropermeáveis (PREP), Tratamento de Manifestação
Técnicas e localização dos pontos de regulação geral
Quadro sintomáticos
Tratamento com o Ryodoraku